Fiocruz Minas na 16ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

Entre os dias 21 e 26 de outubro, acontece a 16ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. A atividade é coordenada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e, nesta edição, tem como tema Bioeconomia: diversidade e riqueza para o desenvolvimento sustentável. A Fiocruz Minas estará presente com uma série de atrações, que pretendem mostrar como a ciência influencia na nossa vida.

Uma das atividades será um painel de debates com o tema Agenda 2030: como a ciência pode favorecer o desenvolvimento sustentável, que acontece no dia 23 de outubro, no auditório da Fundação João Pinheiro. Pesquisadores e representantes de organizações sociais vão discutir sobre o papel da ciência para o desenvolvimento sustentável no contexto da agenda 2030. Nesta ação, a novidade é que as apresentações serão em formato TED Talks, com duração média de 10 minutos cada uma, e contarão com a mediação do jornalista e radialista Elias Santos, que promoverá, ainda, a interação entre palestrantes e plateia, principalmente estudantes do ensino médio.

A outra ação da Fiocruz Minas será uma mostra científica, que, além de apresentar aos visitantes os estudos desenvolvidos na instituição, ajudarão a contar como a ciência tem contribuído para solução dos problemas da humanidade. Serão diferentes estandes, apresentando os diversos temas com as quais a Fiocruz trabalha, por meio de maquetes, pôsteres e instrumentos usados nas pesquisas. Haverá ainda jogos interativos, possibilitando que o público receba informações científicas de forma divertida e lúdica.

A exposição será no dia 25 de outubro, no Centro de Referência da Juventude, que fica na região central de Belo Horizonte. Além da Fiocruz, também participam da mostra outras instituições científicas, como a Fundação Ezequiel Dias (Funed) e Museu Ponto – Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Para saber mais sobre a mostra científica, clique aqui.

Nos dois dias de evento, são esperadas mais de mil pessoas, principalmente estudantes de escolas públicas, que, por meio de suas diretorias, já estão confirmando a participação. O painel de debates está limitado a 200 participantes, conforme número de lugares do auditório.