Recursos Humanos

Silvane

Informações sobre vagas para bolsas e concursos

Enquanto fundação de direito público, vinculada ao Ministério da Saúde, o ingresso de servidores no CPqRR se dá através de concurso público, por isso o Serviço de Gestão do Trabalho não cadastra e nem recebe currículos impressos ou por e-mail.

– Para mais informações sobre nossos concursos, acesse o site da Diretoria de Recursos Humanos (www.direh.fiocruz.br)

Também através do programa de Iniciação Científica (PIBIC), os orientadores do CPqRR buscam e conhecem estudantes, denominados “bolsistas” que farão parte das pesquisas desenvolvidas no René Rachou. O cadastro no banco de candidatos é feito durante todo o ano e os dados cadastrados permanecem a disposição da Fiocruz Minas por 12 meses.

– Para mais informações sobre o programa de iniciação científica, como se tornar um bolsista do CPqRR e cadastro no banco de candidatos, leia abaixo:

//

Cadastramento de candidatos ao programa de Iniciação Científica do CPqRR saiba mais >>

Cadastramento de candidatos ao programa de Iniciação Científica do CPqRR

O Objetivo do banco de currículos é o de promover um intercâmbio entre os candidatos ao programa de iniciação científica e os orientadores do CPqRR. Os candidatos deverão ser selecionados e contactados diretamente pelo orientador interessado (perfil/curriculum mais adequado ao projeto/linha de pesquisa em questão). O cadastramento no Banco de Currículos terá a validade de um ano e não implica em aceitação automática ou compromisso institucional com o candidato para entrevista e/ou estágio. Os candidatos identificados pelos orientadores serão convidados a participar do processo seletivo competitivo e sua admissão como bolsista está condicionada a aprovação da bolsa de iniciação cientifica.
Principais Requisitos e compromissos do Candidato
  • Estar regularmente matriculado em curso de graduação de instituição de ensino superior pública ou privada reconhecida pelo Ministério da Educação;
  • Ter um rendimento médio nas disciplinas cursadas maior ou igual a 70%;
  • Não ter reprovação em disciplinas afins com as atividades do projeto de pesquisa;
  • Não acumular bolsa nem ter vínculo empregatício de qualquer natureza;
  • Desenvolver as atividades do plano de trabalho proposto em regime de dedicação de 20 (vinte) horas semanais.

CADASTRAMENTO PARA INICIAÇÃO CIENTÍFICA

Mestrado e Doutorado em Saúde Coletiva saiba mais >>

Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva

O Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva (PPGSCO) inclui os cursos de Mestrado Acadêmico e Doutorado, tendo sido recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), obtendo conceito 4. O Programa insere-se na área de Saúde Coletiva, entendendo-a como um “campo científico onde se produzem saberes e conhecimentos acerca do objeto saúde e onde operam distintas disciplinas (epidemiologia, ciências sociais em saúde e planejamento e gestão) e um conjunto de práticas” (CAPES. Documento da área 2009), sobretudo aquelas voltadas para o Sistema Único de Saúde.

LINK PARA A PÁGINA:

http://qoppa.cpqrr.fiocruz.br/posgraduacao/saudecoletiva/”

Mestrado e Doutorado em Ciências da Saúdesaiba mais >>

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde

O PPGCS é vinculado à área de avaliação Medicina II e possui conceito 5 junto à CAPES. Foi criado com três áreas de concentração:
– Saúde Coletiva (SCO);
– Biologia Celular e Molecular (BCM);
– Doenças Infecciosas e Parasitárias (DIP).
Após oito anos de funcionamento no formato inicial, e em função do amadurecimento do PPGCS, foi enviada à CAPES, em 2011, a proposta de desmembramento desse Programa com a criação de um novo Programa de Pós Graduação em Saúde Coletiva. A proposta foi fruto de duas demandas:
1. O aumento exponencial de candidatos para a área de concentração em Saúde Coletiva do PPGCS. Para atender qualificadamente a essa demanda tornou-se necessário implementar um segundo PPG na Fiocruz Minas com as especificidades inerentes à área da Saúde Coletiva.
2. A necessidade de formação de quadros qualificados para o Sistema Único de Saúde em Minas Gerais. Essa demanda em particular foi discutida e articulada em conjunto com a Escola de Saúde Pública de Minas Gerais -ESP, que é instituição parceira da Fiocruz Minas.À medida que os orientandos da área de Saúde Coletiva concluírem suas Dissertações e/ou Teses, os docentes que atuam na referida área, os quais já fazem parte do corpo docente do Programa de Saúde Coletiva, serão desligados do PPG em Ciências da Saúde.
Dessa forma, o PPG em Ciências da Saúde do CPqRR/FIOCRUZ permanece com duas áreas de concentração, Biologia Molecular/Celular e Doenças Infecciosas/Parasitárias com os seguintes objetivos:
– No Mestrado, o aprofundamento do conhecimento técnico e acadêmico em Ciências da Saúde, possibilitando a formação de docentes para o ensino superior e a Pós-graduação lato sensu, bem como o desenvolvimento de habilidades para executar pesquisas nas áreas de concentração do Programa e fazer a integração de conhecimentos nestas áreas, quando necessário.
– No Doutorado, o desenvolvimento de habilidade para conduzir pesquisas originais e independentes nas áreas de concentração do PPG, que permita a formação de profissionais capacitados a executarem suas tarefas em centros de pesquisas e universidades, atuando como professores e/ou pesquisadores.

LINK PARA A PÁGINA
http://qoppa.cpqrr.fiocruz.br/posgraduacao/cienciasdasaude/